(PL) Lei Espaço Artesanato São Paulo
29/02/2016
Extinta a Superintendencia do Trabalho Artesanal nas Comunidades
29/02/2016

Novo projeto Espaço Artesanato 1

Novo projeto Espaço Artesanato

A história do artesanato é tão antiga quanto a história da humanidade. O homem criou objetos, primeiramente, por necessidade e, mais tarde, para serem elementos de adorno.

Somente no Século XIX surgiram as primeiras oficinas de artesanato, desde então, o trabalho desses mestres da criatividade passou por diversas transformações.
PL 7755/2010

O Projeto de Lei 7755 de 2010 decretado pelo Congresso Nacional dispõe sobre a profissão do artesão, enumerando diretrizes básicas a respeito de tal profissão. Por isso, apesar de ainda tramitar é uma das mais importantes conquistas da categoria, mas há a necessidade de outras mudanças.
Novo projeto

Na maior cidade do país, cabe citar o esforço em torno da criação do “Espaço Artesanato São Paulo” um projeto que visa integrar artesãos promovendo a transmissão de conhecimento, o reconhecimento da categoria e a profissionalização da atividade.

Publicizar materiais como a “Cartilha do Artesão”, além de criar um “Conselho de Artesanato Paulista Construtivo” são apenas algumas das metas do projeto. Aliado a isso, pretende-se oficializar eventos como “Dia do Artesão”, promover feiras e um calendário específico com eventos que acompanhem as principais datas comemorativas da cidade.

Um dos principais pontos pleiteados pelos artesãos de SP são os espaços fixos para comercialização das peças. Feiras com a da “Madrugada” e a do “Brás”, por exemplo, poderiam ser ótimos pontos fixos de venda para expor os trabalhos.

Outro importante objetivo do “Espaço Artesanato São Paulo” é a divulgação de dados a respeito desses profissionais, bem como o número de artesãos que convertem sua criatividade em lucro transformando tal atividade em negócio.

E foi justamente pensando nisso (conversão do artesanato em negócio) que o projeto nasceu. A ideia é criar polos de artesanato em diversas comunidades de SP, oferecendo não apenas a capacitação, mas também, subsídios que auxiliem esses futuros profissionais na empreitada do empreendedorismo.

Aos poucos o projeto toma forma e já pensa na criação de um “Selo do Artesão” destinado a empresas e parceiros da causa.
O “Espaço Artesanato São Paulo” recebe o apoio do Sindicato dos Artesãos do Estado de São Paulo, da Superintendência dos Trabalhos Artesanais nas Comunidades e da Associação dos Artesãos e Empreendedores do Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *